Mais furtos em veículos com uso do “Chapolin” em Nova Prata

Na manhã desta segunda-feira, dia 13, aproximadamente às 10:00h, na avenida Fernando Luzzatto, centro de Nova Prata, em pelo menos dois veículos ocorreram furtos. Num deles foi lavado uma bolsa com documentos, cartões, objetos e uma certa quantia em dinheiro. Já no outro veículo, uma camionete, também na foram levados documentos, cartão do SUS, e pequena quantia em dinheiro de bolsa que estava no interior.

Uma das condutoras do veículo, estacionou e certificou-se de ter acionado o controle por duas vezes, mas ao retornar, havia sumido a bolsa. Logo em seguida ela acionou os bancos para cancelamento e para surpresa já havia sido debitado na conta a compra de um chuveiro. Neste caso, ela havia guardado uma anotação com as senhas junto aos cartões. Portanto, fica o alerta, tanto para sempre verificar manualmente se as portas do carro trancaram após o controle ser acionado, como também não carregar senhas dos cartões junto com os mesmos.

Já a outra condutora trabalhava à poucos metros do veículo e nada percebeu, até a hora de sair do seu expediente.

ENTENDA MAIS DO CHAPOLIN

Ele é um dispositivo eletrônico semelhante aos chamados “chupa-cabra” de portões eletrônicos, que copiam o sinal emitido pelo controle remoto original, criando um clone para os bandidos. No caso do Chapolin, o aparelho embaralha os sinais enviados pelo controle de travamento à distância, e segundo consta, existem modelos capazes até mesmo de copiar o código de segurança do controle. O aparelho é relativamente novo — o primeiro caso de furto praticado com o Chapolin foi registrado no final de 2013, quando um ladrão de carros de luxo foi preso em sua casa em Porto Alegre com vários equipamentos roubados dos carros, como aparelhos de GPS, rádios automotivos, celulares e computadores. Junto estava o bloqueador, que foi periciado pela polícia para descobrir como é seu funcionamento. Desde então vários outros casos foram registrados em todo o Brasil, sempre sem arrombamentos.

 

Como os ladrões usam?

Se você é do tipo de que fecha a porta e aperta o travamento enquanto sai andando, é bom mudar de hábito. É exatamente nessa hora que os bandidos, escondidos, acionam o Chapolin para impedir o travamento e o acionamento do alarme ou copiar o código do controle. Depois que o motorista perde o carro de vista, eles simplesmente abrem a porta que teve o travamento impedido — ou as destravam com o código copiado, retiram o que tiver de interesse, fecham o carro e vão embora, como se estivessem tirando seus pertences de seu próprio carro. Alguns até trancam as portas de volta. Sou ladrão, mas sou camarada. 

FlatOut-2014-07-05-às-11.49.251

You may also like...

1 Response

  1. 13 de agosto de 2018

    […] Com informações da Rádio Ativa de Nova Prata. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.