Promotor sugere instalação de câmeras no calçadão

Em entrevista exclusiva feita pela Rádio Ativa com o Promotor de Justiça de Nova Prata, na manhã da segunda-feira, dia 09, o Dr. Leonardo Rossi, abordou uma operação conjunta realizada pelo Ministério Público, Conselho Tutelar, CEDEDICA, Brigada Militar, entre outras entidades, no final de semana, com intenção de coibir crimes como venda de bebida alcoólica para menores em estabelecimentos de Nova Prata. Após abordagens que ocorreram em bares do centro, algumas autuações foram realizadas. Segundo ele, essas ações irão continuar de forma contínua. Foi sugerido por exemplo, para os donos de bares, que dentro de seus estabelecimentos coloquem uma pulseira, identificando quem é menor e quem não é, sabendo-se assim, para quem pode-se vender bebida alcoólica.

Ainda segundo o promotor: “o objetivo não é proibir as pessoas, os jovens, de frequentarem os estabelecimentos. E sim apenas cumprir a lei. Aonde foram encontrados jovens sem identificação (identidade) e consumindo bebidas, foram chamados os pais ou responsáveis. Agora a prefeitura terá que ordenar quem frequenta o calçadão. O que pode, o que não pode. Existe uma legislação que estabelece uma porcentagem mínima de mesas na calçada, e isso tem que ser respeitado. Também câmeras deveriam ser instaladas, e com isso se poderia monitorar a venda de bebidas para menores”. Também uma melhor iluminação no local foi sugerida.

O objetivo não é tirar o espaço público mas sim disciplinar o local. Também os donos de estabelecimentos tem que ficarem atentos as leis a serem cumpridas.  A prefeitura não se manifestou sobre o ocorrido.

depositphotos_46017157-stock-video-cctv-camera-security-camera-on

 

 

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *